Busca no site
buscar no site
Notícias
15/03/2018

Guinada para o sucesso

Em janeiro de 2018, 2 notas na imprensa fizeram alvoroço: o início da operação do Plaza First na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro e o começo das vendas do Plaza Canela, na Serra Gaucha.
 
Carlos Henrique Schmidt, presidente do conselho de administração da marca, respondeu 5 perguntas do Frontdesk para explicar o fenômeno: 
 
Plaza deu uma guinada em direção ao turismo, em detrimento da hotelaria de negócios?
O Plaza está em processo de modernização da sua relação com os clientes, o primeiro passo foi a criação do Plaza Vacation Club, onde a base é a fidelização através de vendas de alto impacto e muito marketing. Como neste processo a maior aderência é justamente no segmento de turismo, pode-se dizer que realmente há uma guinada na direção da hotelaria de lazer, não querendo dizer que seja definitivo, tudo dependerá do mercado
 
A principal referência é que a rede dobrou de número de endereços durante a crise. Isso faz sentido?
Este aumento se deu justamente ao final da crise, através da administração de empreendimentos de terceiros. Como na crise houve queda vertiginosa da rentabilidade dos empreendimentos, os proprietários estão substituindo as empresas administradoras, nós estamos trabalhando para crescer nesta onda
 
De empresa proprietária para empresa operadora, foi complicado ou simples a mudança da cultura?
Está sendo um processo bastante trabalhoso, onde também se passa por uma readaptação na cultura da empresa.
 
Sobre eventos internacionais na capital gaucha, parece que Porto Alegre saiu do top 3 em 2015, foi ao top 7 de 2016, saiu do TOP 10 em 2017 e pode sumir da lista das 500 do mundo. A reversão deste quadro tem jeito?
Esta posição na lista da ICCA se dá muito encima de circunstâncias, pois cidades como Porto Alegre não tem eventos internacionais cativos, então há anos onde se consegue trazer bons eventos e outros anos quase nada, é um processo cíclico. Para se reverter temos que trabalhar muito em cima do Convention Bureau, municiando-o com recursos e pessoas que além de fazerem um bom trabalho de captação, também sensibilizem entidades de classe e órgãos públicos para serem facilitadores no processo.
 
Sobre espaço para eventos em Porto Alegre, a principal curiosidade é: teremos centro de eventos de classe mundial na Zona sul?
Sim teremos o nosso novo Centro de Eventos, a grande dúvida é se será feito de acordo com as necessidades do mercado ou se será mais um elefante branco. Estamos trabalhando duro para tentar vingar a primeira hipótese, apesar de que, há muitas forças ocultas apostando na segunda.
(José Justo).
____________________________________________

 

 

 

 

FrontDesk é um boletim informativo com assuntos de interesse da Cadeia Produtiva do Turismo do Sul do Brasil, enviado para 26.4o4 endereços. 
Envie-nos sua opinião ou informação para o e-mail: 
frontdesk@frontdesk.tur.br
Editores: Renato Brenol Andrade & José Justo 54 999 143 117